Scroll Top

PGCR lança categoria econômica

Atenta aos movimentos da hotelaria brasileira, a PGCR Administração e Consultoria Hoteleira, sediada em Belo Horizonte, lança agora a bandeira de hotéis da cate- supereconômica, Stop Inn. O primeiro empreendimento será entregue em julho, na cidade de Oliveira, na região Centro-Oeste, e consumiu recursos de R$ 5 milhões.

Pablo

De acordo com o CEO da PGCR, Pablo Ramos, os novos empreendimentos serão localizados às margens de rodovias federais ou estaduais­.“Percebemos a necessidade de oferecermos ao público viajante uma opção confortável e segura com preço justo. Os hotéis Stop Inn ficarão em estradas primárias ou secundárias, terão um custo de operação baixo e equipe enxuta, mas sem abrir mão da qualidade dos serviços”, garante Ramos.

A ideia de lançar uma marca própria e não trazer uma marca internacional contribui para o barateamento da operação, já que não existe o pagamento de royalties. Os novos hotéis podem ser construí­dos em parceria com investidores e construtoras ou terem bandeira convertida. A remuneração da con­sultoria é feita de acordo com o resultado alcançado pela operação. A expectativa é de que atraiam não só o público viajante, como tam­bém o corporativo. “Teremos alguns serviços de categoria supe­rior, como frigobar constantemente abastecido, telefonia, internet e estacionamento gratuitos. Todos terão também espaço para even­tos”, afirma o CEO da PPGCR.

Em Oliveira, o salão terá capaci­dade para 60 pessoas. Serão 54 apartamentos prontos para atender até 120 hóspedes com diária média de RS 99. Já estão negociadas uni­dades Stop Inn em Recife, em Per­nambuco; Viçosa, na Zona da Mata mineira; e em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, em Minas Gerais. A expectativa é ter 30 unidades aber­tas em cinco anos, em todas as regiões do País.

A PGCR ainda presta serviços de consultoria, estudo de viabilidade, assessoria na construção e operacionalização, marketing e publicidade e também recursos humanos, atua na gestão hoteleira, consultoria e administração de condomínios em empreendimentos com marca pró­pria atuando inclusive na área de alimentos e bebidas dos hotéis que possuem restaurantes.

Portfólio — Estão no portfólio da PGCR, ainda, as marcas: Ímpar, com duas unidades em Belo Hori­zonte, nas regiões Oeste e Nor­deste; os independentes Vertentes Suítes Hotel, em Conselheiro Lafaiete, na região Central do Estado; e Ville Celestine Condo Hotel & Eventos, também na Capital, na região Centro-Sul e Realminas Suí­tes Hotel, em Governador Valada­res, no Vale do Rio Doce.

Estão em fase final de construção os de bandeira Express Inn em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, com previsão para agosto de 2015; e em Itabirito, na região Central de Minas, para fevereiro de 2016.  Ímpar Express, em Barão de Cocais, para julho próximo, Boulevard Suí­tes Hotel, em Santa Maria de Itabira, para novembro de 2015; ambas na região Central; Lakeside Mall & Suíte, em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), para agosto 2015; e Racini Suítes Hotel, em Boa Esperança, no Sul de Minas, para novembro de 2015. No mesmo mês tem início, também, a construção da quarta unidade da bandeira Ímpar em Conceição do Mato Den­tro, na região Central.

“Sabemos que o Brasil não atra­vessa um período favorável, mas o dinheiro não deixou de existir. O que precisamos é oferecer um pro­duto que atenda às necessidades do hóspede, tenha diferenciais e um custo de operação ajustado. Os empreendimentos da PGCR conti­nuam rentáveis. O importante é ter uma operação enxuta, com equipe bem treinada”, destaca.

Fonte: Diário do Comércio

GuestCentric - Hotel website & booking technology
VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant

MHB HOTELARIA